quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Ficção ou realidade? Fique são!

Cair na real?
Decido permanecer de pé,
pé ante pé, ante tantos perigos.
Realidade é cimento, concreto,
é ciumento projeto que proíbe outras versões?
Como assim, se não abro mão nem dos pequenos versos?
Quero os verões para transpirar a saudade
e o inverno para aquecer-me na chama.
A chama da vida me chama , ávida e por isso mais viva.
Deixem-me com minhas intuições ilógicas,
com minha lógica intuitiva,
com a serenidade aflitiva
que é meu emblema.
Feito um poema
que nem preciso escrever.
Só ser.

8 comentários:

  1. Maravilhoso como sempre!

    Vim desejar-te Boas Festas!
    Que a magia da noite de Natal transforme seus sonhos em realidade.
    Feliz 2012!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Feliz Natal, Guimel e um ano cheio de novidades mágicas, que te façam sorrir e florir de felicidade.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Bem, eu tenho temido mudar, Porque eu construí minha vida ao seu redor, Mas o tempo traz coragem; crianças envelhecem, Estou envelhecendo também.(sinopse do meu blog)
    Acessa o meu blog?
    "Crianças Envelhecem"

    http://criancasenvelhecem.blogspot.com/

    Espero a sua visita, se gostar do meu blog, segue lá, ficarei muito feliz.
    Desde já obrigada, tenha uma ótima semana.
    Atenciosamente Dinha".

    ResponderExcluir
  4. Que os sonhos não se acabem Helcio, pois o que essa dura realidade ainda não tirou de nós,´foi o direito de sonhar...

    Meu amigo,

    Dizer, queria ter aqui chegado antes mesmo do natal,
    mas assim não me foi possível, quando o tempo
    tão surpreendente mantém o controle de tudo e
    nunca sabemos como será o amanhã...
    Por essa razão, perdoe-me a falta.
    Hoje porém não poderia de forma alguma deixar
    de vir, agradecer o carinho e os felizes encontros
    apreciativos nas trocas de nossos encantos, pensamentos
    e sentimentos que por todo o decorrer do ano, pudemos
    de alguma forma acalentar os nossos anseios...
    Obrigado pela sua amizade, e pelas palavras que
    aqui no seu recanto, prestigiaste a todos que te abraçam
    nessa troca maravilhosa de força e incentivo.
    Desejando-te um feliz 2012 como muita paz, saúde
    e alegria no teu coração...

    Com meu mais precioso carinho
    Livinha

    ResponderExcluir
  5. Que gracinha de poema. Colocou um sorriso no meu rosto logo cedo.Tem coisa melhor que sorrir de manhã?
    Queria um favorzinho seu: é facil me dizer onde estão os dois comentários que fiz em seu blog? Tenho que me organizar, pois sei que farei inúmeros deles.

    ResponderExcluir
  6. Não sei se o mesmo, mas um sorriso pousou no m eu rosto, sem pressa de voar, Angela.

    ResponderExcluir