quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

o sono do tempo

Tempo, não acorda tão cedo
pr'eu ficar um pouco mais com o meu amor
Tempo, me conta um segredo:
para onde você irá, se eu também for?

Tempo, sai de fininho,
enquanto enxugo meu pranto
Tempo, me faz um carinho,
me esquece, por enquanto

Tempo, me faz um favor:
me ensina a passar
como passa a dor
Não precisa ficar

Tempo, me espera lá fora
Não se afobe comigo
Mas, se você for embora,
saiba que sou seu amigo

2 comentários:

  1. Ah eu queria ter o poder de parar o tempo..... sempre que eu estivesse com ele....
    Beijos querido.

    ResponderExcluir