quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Afim?

Afins se farejam, ainda que não se vejam.
É fato esse olfato aguçado e que aproxima os sintonizados.
Transbordam sins, os sinos soam.
Olhares alados, completamente alucinados pela revelação.
É tanta luz jorrando desses olhos nus...
A dor se rende.
Afinal, felicidade se aprende e nunca mais se esquece.
A gente merece!
Não é justo evitar.
Melhor, bem melhor levitar.

10 comentários:

  1. Quando aprendemos a enxergar... Levitar torna-se mais fácil!
    Os pensamentos e os bons sentimentos possuem asas!
    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  2. Esses olhos nus...que lindo !!!!

    ResponderExcluir
  3. Linda, lindíssima a nudez da alma, que retira, um a um, os disfarces, para que os dois se olhem, face a face.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. caem todas as máscaras, medos e incertezas, caem para que se possam ver por inteiro, curados das dores exatamente por não temer escondê-las....

      Excluir
  4. Adorei a definição de inteireza. O poder curativo da ousadia!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora me resta praticá-la =) façam o que digo e mais do que faço ...^^

      Excluir
  5. ‎"Bem melhor levitar!" - Realmente me rendo a esta corrente que rende muita conversa com versos. Sentidos se trocam e se fundem. A luz é lúdica e ilude a dor. Ousemos para sermos felizes!

    ResponderExcluir