sexta-feira, 7 de setembro de 2012

E aí?

Alopra comigo
Sopra o receio do novo
Derruba uma parede
Estende uma rede
Enreda meu corpo todo
Vamos rir a rodo
Viajar sem mala
Não fazer sala
Fazer amor na sala
Piquenique no telhado
Deitar ao teu lado
Ser tua cama
Andar de patins
Desequilibrar a certeza
Nadar contra a correnteza
Desacorrentar o desejo
A torto e a direito
Inventar o nosso jeito
Fazer como nunca foi feito





2 comentários:

  1. Fique enlouquecendo assim a mulherada, e vai haver congestionamento na tua rua...

    ResponderExcluir