domingo, 25 de setembro de 2011

descoberta

Perambulo por teu corpo, sem itinerário preciso.
Acelero nas curvas, freio nas retas, quase perco a direção.
Toco em tua mão, pensando que é minha, pois eu já sentia
o que estava por lá.
Contemplo sorrindo a manhã descoberta, que sempre desperta
no mesmo lugar.

2 comentários:

  1. Sensual... e romântico!
    Beijokas e uma semana esplêndida pra vc.

    ResponderExcluir