segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

às duas

Tenho uma estrela e uma lua,
com chuva ou céu claro
Elas brilham em casa e na rua
E me fascinam, com brilho raro

A estrela é cadente
Viaja em emoções
A lua é incandescente
Ilumina corações

8 comentários:

  1. E eu tenho um lugar que sempre venho a apreciar uma boa leitura!!!

    Beijos e tenha um excelente dia!

    ResponderExcluir
  2. Para você, também, Elaine!! Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Que gracinha amigo....adorei.
    Uma linda semana pra ti, beijos.

    ResponderExcluir
  4. Beijos, Miss!! O poema é dedicado às minhas filhas!!

    ResponderExcluir
  5. Ahhh, paizinho!!
    Você que ilumina a minha vida com tanta poesia, carinho, amizade, gargalhadas e uma ótima companhia! Amo muito vc e esse espaço fátuo onde vc cria, rima, emociona, estusiasma e contagia!!
    Um abraço de urso

    ResponderExcluir
  6. Abraço de urso pra você também, Naninha!

    ResponderExcluir
  7. Lindo, liiiindo, papai!! Tenho muito sorte de ter um pai tão poeta, um pai que ama tanto e que eu amo muuuuuuuuito, muito! Muitos papiros e papiras e popós tatás para você, papai!! Você é uma estrela que ilumina sempre o meu céu

    ResponderExcluir
  8. Naná, sortudo sou eu por ter vocês duas ao meu lado. Estrela é você, que ilumina meu caminho e me faz caminhar melhor. Te amo muiiito!!

    ResponderExcluir