domingo, 9 de janeiro de 2011

no início, o verbo

Engravidar utopias
Compartilhar luares
Rir do que rias
Revisitar lugares

Tremer de desejo
Suar de emoção
Criar, num lampejo
Decorar o coração

7 comentários:

  1. Tudo isso são estágios da paixão...
    Que coisa boa!

    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  2. Se não é possível conjugar o verbo a dois,
    odo princípio não se adianta... se estagna,
    e se esvai...

    Entrelinhas maia, teus poemas sempre nos levando a pensar...

    Obrigada pelas palavras deixada por lá...

    Abraços

    Livinha

    ResponderExcluir
  3. E coração aprende alguma coisa? :)

    O decorar deve ser de adornos, mas me ocorreu a frase acima.

    http://vemcaluisa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. De fato, o decorar é de enfeitar, nâo memorizar.

    ResponderExcluir