sexta-feira, 9 de julho de 2010

manhã da noite

Eu te entrego
as estrelas
que a noite
esqueceu de levar.

Eu me entrego
às estrelas,
para que, à noite,
você me veja brilhar.

16 comentários:

  1. Amar é um entregar-se sem medidas!

    ResponderExcluir
  2. Que belo amanhecer...
    Beijos e excelente fim de semana!

    Ôba!!!! Hoje é sexta!!!!! ;)

    ResponderExcluir
  3. Uauuu!Isso que eu chamo de romantismo. Coisa linda de se ler,imagino viver! Nossa,adorei! Parabéns! Monte de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  4. palavras que fazem sonhar!!

    lindo poema

    bjinhus...

    ResponderExcluir
  5. Sexta leva o sábado pelas mãos, né?
    Beijos, Pat, maravilhoso fds!!

    ResponderExcluir
  6. Comentário na medida certa, Mariane

    ResponderExcluir
  7. as estrelas brilham no seu olhar, Helcio,
    basta ler-te.

    ResponderExcluir
  8. Helcio,

    Lindo verso...parabéns!!!

    Grande beijo e ótimo final de semana!!

    Reggina Moon

    "As coisas mais belas são as que a loucura inspira e a razão escreve" (André Gide)

    ResponderExcluir
  9. Que lindo, Helcio. Saudade das tuas palavras.

    Amar é isso: enxergar quem amamos, em tudo o que existe.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Vcs me fazem brilhar, OutrosEncantos.

    ResponderExcluir