quinta-feira, 24 de junho de 2010

carícia essencial

Este livre pensador dedica a vocês,
amantes da poesia, a eternidade deste momento,
expressando minha imensa gratidão por todas
as palavras que aqui deixaram. Elas foram recebidas
e estão vivas, em mim.
Não imaginava que um blog fosse capaz de aproximar-me
de pessoas que, rapidamente, tornaram-se tão especiais.
Vocês me inspiram, com sua arte, coragem e
generosidade.
Muito obrigado por todo o carinho.
Vocês são a prova diária de que é possível viver com beleza
e acreditar no amor.
Sintam o meu abraço, em cada coração!

34 comentários:

  1. "Amor é o que se aprende no limite,
    depois de se arquivar toda a
    ciência herdada, ouvida.
    Amor começa tarde."

    (Carlos Drummod Andrade)


    Uma tarde de luz e carinhos prá ti...M@ria

    ResponderExcluir
  2. Lindo demais tudo por aqui. Dá vontade de não sair... :)
    Gostei tanto do seu cometário que adicionei ao meu post.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  3. Olá meu querido, vim te fazer uma visitinha rápida, tipo de médico só que eu que to dodói rsss, mas amanha já estarei nova em folha!
    Volto depois com mais tempo pra olhar tudo com carinho, beijos de luz pra você!

    ResponderExcluir
  4. Que delícia essa carícia
    Poesia e melodia
    Essencial essa magia
    Alegra o nosso dia

    ResponderExcluir
  5. Obrigada por tuas visitas e tuas palavras delicadas.
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Obrigada, HM, mas é vc quem me presenteia com seus textos, poesias e comentários.
    De qualquer forma, abraços pra vc também.

    ResponderExcluir
  7. Helcio, Helcio..
    Antes de comentar sobre o que escreveu, vou te dizer uma coisa:
    30 de Dezembro de 2009.
    Era madrugada. Eu estava assim...super pra baixo.
    Me sentei aqui e disse: Vou fazer um blog, pra ser a minha terapia.
    (Meu pai sempre me disse: melhor que um divã é escrever, por pra fora).
    Mas eu coloquei aqui e coloco tudo que eu gosto, o que me toca.
    Só não esperava (E isso até me assustou de certa forma), a dimensão que esse blog me trouxe.
    Seguidores? Não, isso nunca me contou, porque as vezes são pessoas que só te seguem.
    Eu digo amigos. E só Deus sabe como fiz e faço amigos queridos aqui. Pessoas que me curaram dores, trouxeram sabores, alegrias, conhecimento.
    Pessoas que eu carrego dentro de mim.
    Por isso te entendo.
    As pessoas muitas vezes entram na vida da gente por alguma razão (Eu nunca deixei de acreditar nisso), e passam a ser "Essênciais" na vida da gente.
    Você é uma dessas pessoas, e sabe disso!
    Todo carinho que vc recebe aqui, é apenas mérito SEU. A gente colhe o que planta, e vc meu querido poeta...só planta amor.
    Que vc nunca deixe de cuidar das suas roseiras.
    E nunca perca esse coração de menino...de tão lindoooo que é.
    Te gosto, admiro, te sigo, no verdadeiro sentido de estar perto, de estar junto, partilhando contigo tuas palavras.
    Te disse uma vez e repito: Obrigada por ter me recebido de braços abertos.
    Os meus estão, sempre vão estar pra você.

    Minha caricia essencial.
    E especial - pra vc!
    Te beijo!

    ResponderExcluir
  8. Nana, vc alegra todos os meus dias!!!

    ResponderExcluir
  9. Poeminha, obrigado pelo carinho sempre pulsante em suas palavras.

    ResponderExcluir
  10. Sil, o que posso dizer, depois de abraçar tuas palavras, como abracei (será que vc sentiu tb?).
    Carícia essencial para vc!!
    Te beijo e abraço!!

    ResponderExcluir
  11. Isa, energia de cura pra vc. Beijos iluminados!

    ResponderExcluir
  12. Esqueci de dizer uma coisa:

    Tudo o que a gente precisa nessa vida, é de uma mão que segure a nossa, e um coração que nos entenda.

    Sabe que as minhas estão esticadas a ti.
    E tem lugar no coração! De sobra!

    Um abraço (Pra não perder o vicio)- e eu nem quero rs.

    ResponderExcluir
  13. Aqui é porto de chegada e de partida (sem quebrar).
    Veio-me à cabeça uma canção que a Tiê canta, com tanta doçura, depois me lembrarei do nome.
    Um abraço com querer!

    ResponderExcluir
  14. Os amigos "virtuais" me dão uma força e tanto! No meu blog, como nos dos colegas, estou sempre me reerguendo e superando coisas.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  15. Lara, em muitos e muitos casos, amigos "virtuosos".
    Abraço.

    ResponderExcluir
  16. Oh Fátua Palavra!!!

    A gente tem o coração que bombeia para poder respirar e fazer o sangue correr, e você para além disso tem uma alma como vulcão que xispa lava e fogo a toda a hora.
    É verdade, ninguém entra na vida de ninguém por acaso, seja para bem ou para mal. Você entrou na minha e eu gostei.
    Você é uma pessoa única, Helcio, trás em si um segredo desde "onde você veio" que te faz correr atrás da vida na ânsia de não perder nem a milionesima parte de uma particula.
    Tens a pura espontaneidade de uma criança, que faz de ti um adulto fascinante, simultaneamente completo e carente na busca de um afecto verdadeiro. Mas a beleza maior que eu encontro nesse buscar é o teu precisar de "dar ser maior do que o de receber", é a tua dádiva que fascina! Tens tanto para dar que quando te senti entrar minha vida adentro quase sufoquei de susto!
    Tu és uma pessoa diferente, sim!
    É tão fácil gostar de ti. É tão difícil prescindir de ti!
    Poderia continuar a dizer-te mais umas quantas milhentas coisas, mas vou resumir tudo numa frase:
    Tu Helcio Maia, és facilmente um vicio na vida de alguém. És na minha, por exemplo.

    Toma o meu beijo, num abraço.

    ResponderExcluir
  17. OutrosEncantos, diante de um texto (não é, nem de longe, um mero comentário), digo-lhe que o que escrevo sai de mim, como um espanto, não sei se choro, não sei se canto, sequer posso precisar de onde vem, mas é de dentro, do fundo, desta ou de outras passagens. Fico lisonjeado em ler o que escreveste, não sei se sou merecedor de tanto, mas posso assegurar-te que jamais darei vida à uma só palavra que não a sinta, que não esteja sebdo levada pelas mãos da emoção.
    Recebo o abraço e o beijo.

    ResponderExcluir
  18. Eu sei Helcio, as tuas palavras são vivas, saltitam alí na nossa frente como se fosse um coração a bombar! Nas tuas palavras a gente lê, o grito, a urgencia, a lágrima, a humildade no pedir do afecto. Está tudo alí, não há que enganar!

    Oh..., não larga o abraço, viu?! :)))

    ResponderExcluir
  19. Eu é que agradeço teu carinho e o deleite de tuas palavras tão belas.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  20. Beijo e obrigado pela gentileza das suas palavras, Pat.

    ResponderExcluir
  21. Pôxa Hélcio,
    Tava aqui pensando que ainda assim talvez você não tenha a dimensão das infinitas possibilidades das suas palavras... que depois de colocadas aqui tomam caminhos vários, significados infinitos para cada um de nós que tem o prazer de conhecer esse espaço! Nós que agradecemos por dividir com a gente a 'carícia essencial' de cada poema seu! Você com certza nos inspira sempre!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Michelle, o afeto imenso que emerge de seu comentário me inspira. Que eu transpire poemas que lhe façam sorrir!!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. De uma delicadeza sem tamanho você!
    Mas sabe de uma coisa?
    Ao meu ver quem sai ganhando mais nessa historia toda somos nos que lemos...nos que comentamos...bom pelo menos e assim que eu vejo os Blogs que eu sigo, gosto, tenho prazer de ler, de comentar...acho que me acrescenta sempre um pouco mais ...entao muito muito obrigado por suas escritas e so peço uma coisinha, continue a escrever sempre!
    Bj Bj

    ResponderExcluir
  24. Beijos poéticos, Sol! Obrigado pelos elogios, frutos da sua sensibilidade.

    ResponderExcluir
  25. Deixe transparecer a essência, liberte-a das amarras da aparência, assim,quando nossos olhares se cruzarem mais uma vez, recebo e retribuo a carícia..e nesse exercício de vida, vibremos, gargalhemos, ousemos, amemos e parabenizemos você, nosso amado poeta!
    Beijos, beijos e beijos

    ResponderExcluir
  26. Você escreveu tudo o que penso todos os dias, desde que criei o Blog. Eu não sabia que ia ser tão ótimo! Eu de nada sabia... encontrei a minha turma, me sinto plena, realizada... sentimento único, inusitado!

    ResponderExcluir
  27. E que sentimento gostoso, né, Lily?

    ResponderExcluir